Fanfics&Cia

Para todos os amantes das fics!!Entra e diverte-te ^^
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe
 

 " Nunca te perdoaremos pai! "

Ir em baixo 
AutorMensagem
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:29 am

1ºCapítulo

Nome da Fan Fic: " Nunca te perdoaremos pai! "
Início:07/02/2008
Autora: ->Keke
Tipo: Drama, Comédia, etc...
Personagens do 1º Capítulo:
->Inês - Mãe ;
->Herold - Pai ;
->Bill E Tom - Filhos.


Atenção: Qeridas leitoras, esta fan fic não é verdadeira, mas sim uma ilusão passada na minha cabeçinha tonta xD! Espero qe gostem... Desfrutem ^^

Inês Kaulitz era uma rapariga Alemã, saudável, discreta, elegante, sofisticada, que se apaixonou aos 16 anos, casou-se aos 19 (com o homem por quem se apaixonou).
Os primeiros 16 anos de casamento foram simplesmente, fantásticos. Passado 11 anos de casados, Inês, já com idade suficiente (30 anos), teve os seus 2 primeiros filhos, porém gémeos.
Estes tinham os nomes de Bill e Tom Kaulitz.
Eram rebeldes, tinham gostos diferentes, mesmo sendo gémeos.
Gostavam de pregar partidas às pessoas, aos amigos, brincar, etc... O Tom amava brincar com a sua guitarra ,qe os pais lhe ofereçeram por completar os seus 3 anos de idade( não das muito caras, pois os pais,não tinham dinheiro suficiente para pagar uma dessas ). E Bill pareçia ter um dom. Amava cantar! Os pais, ao verem que este poderia vir a seguir a carreira de cantor, ofereçeram-lhe um microfone... Enfim, eram umas crianças com problemas, como todas as outras... Mas felizes.
Bem, como dizia, os primeiros 16 anos de casamento foram fantásticos... Até qe começaram a surgir os problema SÉRIOS.
O pai dos Kaulitz, o Herold, começou por sair à noite, chegando muitas vezes tarde a casa.
Esse era um destes problemas, mas a seguir vinha o pior...
De rotina, já eram quase, senão todos, os dias em que Herold chegava a casa bêbedo, acordava toda a gente e espancava bruscamente a sua mulher! Ficando esta com marcas para meses inteiros, ou até mais.
O pior ainda, era que este , obrigava os seus filhos (Tom e Bill), a verem a sua mãe, ser espancada pelo próprio pai. Por vezes este (Herold), chegava a violar a mulher continuando a obrigar os seus filhos a verem estas terríveis cenas.
Inês já tinha 35 anos, Tom e Bill 5 anos, quando isto tudo começou. Passado 2 anos de tudo isto ter começado, com violação doméstica, violação, e tudo mais, Herold engravidou mais uma vez a sua mulher.
Agora, Bill e Tom , já tinham os seus 7 anos, e a mãe destes tinha 37. Mesmo Inês agora , estando grávida, a rotina da violação, espancamento, continuava.
Passado os seus 7 meses de gravidez, nasceu uma menina ( bébé prematuro ). Esta não teve acompanhamento médico devido à "sua rotina diária" (ser espancada). Pois se fosse ao médico, este obrigava-a a contar o que o marido lhe fazia, e metia polícia no meio da confusão toda, o que para Inês lhe metia medo, pois o seu marido ameaçava-a de morte caso esta ou seus filhos contassem a alguém, alguma coisa, e por isso nunca disse nada a ninguém! Todos os dias, dizia aos seus filhos, que isto era brincadeiras entre pais, ao que desde os 6 anos dos filhos estes começaram a responder:
"-Porque? Nós sabemos que isto não são apenas brincadeiras. Ele machuca-te! Faz-te fridas! ..."
Ao que Inês só respondia com abanão de cabeça, e com um tom de tristeza a pedir silêncio.


...Continua [ Espero qe tenham gostado! Eu , para mim AMEI! ]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:30 am

2ºCapítulo

Personagens do 2º Capítulo:
->Inês - Mãe ;
->Herold - Pai ;
->Bill E Tom - Filhos;
->Dione - Filha;

A essa bébé, deram o nome de Dione. Era uma menina linda, com seus olhos verdes. Um verde que quando as pessoas o olhavam, nunca mais de esqueçeriam, daquela cor, daqueles olhos.
Bill e Tom , foram visitar a sua mãe e a irmãzinha mai nova, acompanhados pelo seu pai.
Quando chegaram à porta da sala do hospital onde a mãe destes se encontrava, abriram-na e correram até à sua mãe.
Abraçaram-na e encheram-na de beijos. Depois, foram ver a sua irmã.
Bill, olhou Dione nos olhos, passou a sua mão na suave cara desta e disse:
"-Ela é tão linda! "
Inês olhou para os seus filhos e abanou a cabeça afirmando o quanto Dione era linda.
Passado 2 semanas, Inês voltou para casa com a filha nos braços.
A tortura começava. Todas as noites, Herold chegava de novo bêbedo a casa, e espancava a sua mulher. Com uma pequena diferença, já não a iria violar, pois pensava que não queria mais nenhuma "despesa" para a sua vida.
Passado 6 anos, Inês já tinha 43 anos, Bill e Tom tinham 13 e a pequena Dione tinha os seus 6 aninhos.
Inês, já farta desta tortura toda a que o marido a sujeitou durante estes 8 anos inteiros, ameaçou de contar tudo a toda a gente, principalmente à polícia o que o marido lhe fazia, sabendo este que puderia ser preso.
A ideia de ir preso não lhe satisfazia, por isso Herold resolveu matar Inês.
Nesse mesmo dia, Herold agarrou em Inês, deitou-a no chão da sala e espancou-a até à morte sem pensar nas consequências.
Bill e Tom, assistiam a esta terrível cena atrás da parede "mais funda" de casa, para que o seu pai não os visse.
Dione estava a brincar com a sua amiga Eva à porta de sua casa.
Quando finalmente, Herold, acabou "o serviço", este sai de sua casa.
Tom e Bill, vão ter com sua mãe qe já estava deitada no chão, morta, coberta de sangue, para um último adeus.
Não aguentaram aqueles anos todos, aquelas torturas todas e resolveram fugir.
Antes disso, pegaram no telefone, e ligaram para a polícia, a informar do que o seu pai tinha feito à sua mãe.
Depois, pegaram em Dione, e correram o mais depressa que conseguiam, até encontrarem um sítio seguro, que o pai não os encontrasse.
Dione não percebia nada do que se passava, mas também não era corajosa o suficiente para perguntar, pois o medo, permanecia dentro dela.
Os gémeos, com a sua irmã ao colo, foram ter com uns senhores idosos, que estavam perto deles, no " Parquinho Da Petica ", para lhes pedirem informações sobre a estação de comboios mais próxima.Os senhores, deram-lhes as indicações acertádas, e os gémeos, visto que a estação não ficava muito longe de onde estes se encontravam, foram num passo rápido.
Quando chegaram , Tom tirou umas poucas moedas e uma nota de 10€ que tinha nos bolsos, e comprou os bilhetes para todos eles.
Enquanto esperaram pelo comboio, Bill levantou-se e pousou Dione, dando-lhe a mão.
Derrepente, sentiu um calafrio percorrer o seu corpo e a mão de Dione a escorrergar da sua.
Olhou para o lado, para trás, à procura da sua irmã, e não a econtrara em lado nenhum. Aqueles olhos verdes teriam desaparecido. Foram perguntar a umas senhoras, mostraram um retrato de Dione, que tinham com eles e uma senhora, informou-os que Dione estava no comboio para África, que estara a partir no exacto momento.
Tom e Bill, agradeçeram e tentaram correr para o comboio, mas este, já estava muito longe.
Passado 20 minutos, apareçeu outro que partia para África. Tom e Bill seguiram nesse, em busca da sua irmã Dione.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:31 am

Personagens do 3º Capítulo:
->Bill E Tom - Filhos ;
->Dione - Filha ;
->Lisha - Mulher africana.

Passado muitas horas naqele combio, Bill e Tom, finalmente conseguiram chegar a África. Tinham a certeza qe iriam encontrar Dione, pois o combio só parava no destino (África).
Em África, tudo era diferente. Os irmãos, não pararam numa estação de comboios, mas sim num campo desértico. Andaram durante +/- 1 hora, até encontrarem casas de madeira, palha, e muitas coisas mais.
Acharam um aposento, onde os donos os ajudaram muito gentilmente. Retiraram das suas malas 2 fotografias de Dione, saíram do tal aposento, e foram para as ruas desérticas de África na esperança de encontrarem a sua irmã.
Perguntavam a várias pessoas se tinham visto Dione, com um homem alto. Mostravam-lhes as fotografias da peqena. Mas por estranho que eles achassem, ninguém a tinha visto .
Cansados, pararam, e enconstaram-se a uma parede de madeira, sentados na areia seca.
Uma gentil senhora, ao ver o cansaço dos rapazes, foi-lhes oferecer água, ao que os gémeos não poderam recusar, visto a sede qe tinham.
Perguntou-lhes se andavam por África sozinhos, e o que andavam a fazer de tão novos que eram.
Estes, contaram-lhe tudo desde qe o pai deles matou a sua mãe, até à chegada a África.
Lisha ( a senhora que os ajudou ), perante a situação, resolveu ir ajudar os Kualitz a procurar a sua maninha mais nova. Percorreram novamente, longos caminhos. Bill e Tom depararam-se com uma terrível situação.
Crianças de raça negra, que trabalhavam para homens de raça branca. Estas, eram chicoteadas, se fosse preciso, até à morte . Era tanto, mas tanto racismo naqele pobre país. E o pior, era qe Tom e Bill , antes, pensavam que nada de pior poderia acontecer em outros lugares sem ser o seu pai violar e espancar a mãe deles. Pois , apartir deste dia, nunca mais pensaram o mesmo.
Perante aqela situação, queriam ir até lá, mas Lisha impediu-os, pois se estes fossem até aos homens brancos, ( chamados pelos africanos ), também poderiam ser chicoteados ou até mortos.
Os gémeos recuaram e continuaram em busca de Dione, sem tirar os olhos daqelas cenas tristes . Não a encontraram no 1º dia. Mas não desistiram. Dormiram em casa de Lisha, pois esta ofereceu-lhes aposento, comida, e tudo mais.
Passaram-se dias e dias, até que fêz 1 mes qe os gémeos estavam naqele estranho país em busca de Dione.
Lisha tinha perdido a esperança de encontrar a menina, então, avisou os rapazes qe arrumassem as suas coisas que ela dava-lhes dinheiro (o pouco qe tinha guardado chegava para os dois ), para estes irem apanhar o comboio mais próximo para a cidade qe quisessem, desde que não fosse ali , em Africa. Disse também, qe lhes deixa-se uma fotografia de Dione e um contacto deles, para caso esta a encontra-se, que os chama-se.
Bill e Tom, depois de muitos não's, resolveram seguir para Magdeburg (Alemanha). Um pouco longe do seu pai.


Bem, e aqui está mais um capítulozinho! Desculpem as demoras, mas não me têm apetecido NADA fazer! xD.
beijinho para todas, e obrigada por tudo @ <3!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:31 am

4ºCapítulo

Personagens do 4ºCapítulo:
->Bill e Tom - Filhos ;
->Gustav - Baterista e novo amigo dos Kaulitz ;
->Georg - Baixista e novo amigo dos Kaulitz .

Já em Magdeburg , os gémeos consiguiram arranjar um apartamento para viverem.
Ao seu lado, viviam dois vizinhos. No lado esquerdo, morava o Georg, com os seus pais . E no lado direito Gustav, qe vivia com o seu pai e com a namorada deste.
Georg e Gustav já eram amigos à muito tempo.
Bill e Tom fizeram amizade com estes. Partilharam todos os seus momentos tristes, e também os alegres. Contaram-lhe tudo o que se passou desde a perda da suas mãe, de terem fugido de casa, de terem "roubado" a sua irmã das mãos de Bill e pleno dia, na estação dos comboios.
Bill, como amava cantar eTom tocar guitarra, perguntaram aos seus novos amigos (Georg e Gustav ), o que estes gostavam de fazer nos seus tempos livres. E descobriram que também gostavam de praticar "música". Gustav gostava detocar bateria , a até tinha uma onde praticava todos os dias. Georg gostava de tocar na sua guitarra.
Os gémeos pensaram em formar uma banda. E dar o nome de Tokio Hotel , pois visto que amavam ir dar um concerto a Tokio e porque gostariam de passar algumas noites em hotéis.
Tiveram algum sucesso durante os primeiros 2 anos. Depois , começaram a surgir mais responsabilidades, visto que os gémeos já tinham os seus 15 anos, Gustav tinha 16 e Georg tinha 17.
Passado 3 anos do sucesso ter aumentado, os elementos da banda, já eram adultos. E iam em Tour para a Europa.
Era o dia de irem para o aeroporto esperar pelo avião. No aeroporto, Bill estava a "picar" os bilhetes enquanto os outros eram revistados pelos seguranças.
Bill, ao virar-se para ir ter com os outros, foi contra uma rapariga nem alta nem baixa, morena, de olhos verdes.
-Desculpa !- Disse Bill ajudando a rapariga a apanhar os 4 bilhetes que tinha na mão.
-Não faz mal! - Respondeu-lhe a rapariga.
-Bem, tenho de ir. Adeus. - Disse Bill correndo para perto dos outros sem desviar os olhos da tal rapariga. Era muito parecida com a sua irmã Dione.
-O que se passa? - perguntou uma rapariga também morena, alta de cabelos encaracolados, para a outra rapariga parecida com Dione, que fixava Bill. - Aiden?
-Ham? Nada! Vamos! - Respondeu-lhe.
Já dentro do avião Tom pergunta ao seu irmão:
-Então? O que se passa?
-Ham? Nada! Esqeçe... - Respondeu-lhe Bill.
Tom olhou para Gustav e Georg, encolheu os ombros e fez sinal "não" com a cabeça.


[ Bem meninas.. Desculpem não ser muito grande nem nada assim de geito! mas espero que mesmo assim gostm ^^! Beijinho @ ]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:32 am

5º Capítulo

Já na chegada do avião na Europa ( Portugal ), os elementos da banda foram directos para o Hotel mais próximo , em Lisboa ( "Hotel Mundial" ).
Chegados ao tal hotel, cada um foi para o seu quarto.
Tom, resolveu ir ao quarto de Bill ver como este estava visto que passou o tempo todo no avião , calado.
Já no quarto, Tom entra, e vê bill deitado na cama, de barriga para cima, om os seus braços atrás do pescoço, pensando alto.
- Então mano? - Perguntou Tom curioso. - Vieste o caminho todo calado porquê?
-Porque..Sabes.. Pode parecer estranho! Mas na verdade é que, nestes anos todos que se passaram, tenho a impressão que ainda vamos encontrar a Dione. E no aeroporto da Alemanha, aquela rapariga contra quem fui, parecia muito a Dione. Era, sem exageros, igualzinha! - Bill disse, estas palavras com convicção. Ao mesmo tempo em que as dizia, sentava-se na cama de pernas cruzadas ( ou pernas à "chinêz" ).
-Achas mesmo? A Dione morreu Bill! Quantas e quantas vezes é que tenho de repetir isto? Ela não está viva. E mesmo que esteja, nem se lembrará de nós. Ou seja, para ela, nós somos uns desconheçidos. Nunca vamos reencontrar a Dione, mas mesmo que isso aconteça, como já te disse, isso não vai surtir efeito nenhum.
Tom, diz estas frias palavras ao seu irmão, e vai para o seu quarto, batendo com uma força total a porta da suite de Bill.
Bill, volta-se a deitar na cama, sempre a pensar na rapariga com que se cruzou no aeroporto. Nos seus olhos verdes, iguais ao de Dione. Adormeceu.
No dia 16 de Março de 2008, ( faltavam apenas dois dias ), os Tokio Hotel iam dar um concerto em Lisboa.
Passou-se o concerto, passou-se Lisboa, passou-se a Tour, e os quatro rapazes, voltaram de novo para a Alemanha.
Já na Alemanha, Bill resolve pela primeira vez, ir doar sangue .
-Ei ! Já volto! - disse Bill para os outros rapazes.
Bill saiu seguindo para o centro de saúde onde iria doar sangue.
Já no centro Bill reparou que não tinha ninguém à sua frente, e então resolveu ir até à "recepconista". Deu-lhe os seus dados que lhe foram pedidos e , uma enfermeira acompanhou-o até à maca onde iria fazer a transferência de sangue.
Depois de ter feito isto, disse "Obrigado" ás enfermeiras e foi me direcção à porta do Centro de Saúde.
Quando ia a "posar o pé na rua", reparou na mesma rapariga que tinha visto à algum tempo atrás no aeroporto da Alemanha. A rapariga parecida com Dione. Parou diante da rua, agarrou no braço desta rapariga e disse-lhe:
-Olá! Lembras-te de mim?
A rapariga olhou de alto a baixo e disse-lhe:
-Olá! Sim.. Qer dizer, não sei! A tua cara é-me familiar, mas não estou a ver de onde.
-Sou o rapaz que foi contra ti já à algum tempo no aeroporto da Alemanha, que tu até deixas-te cair os bilhetes e eu ajudei-te a apanhá-los.
-Ah! Sim! Já sei! xD.
-Então.. E está tudo bem contigo?
A rapariga olhou para trás e viu uma rapariga alta, morena de olhos castanhos, cabelo liso, a chamá-a.
-Sim, está! E espero que também esteja contigo. Desculpa mas agora tenho mesmo de ir. Xau...
Dito isto, "soltou" o seu braço da mão de Bill e correu em direcção ao carro.
Bill, ficou parado a olhar para o carro, vendo a rapariga entrar, e a outra rapariga que lhe tinha chamado, a falar com ela e a apontar para Bill. O carro arrancou.
O vocalista da banda, ficou ainda uns minutos ali parado à frente do Centro de Saúde, seguindo com os seus olhos, o carro já muito longe.


[ Espero que gostem^^! Luvo todas @ ! ]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:32 am

Novas Personagens:
->Aiden ;
->Súh ;
->Ashley ;
->Mary .
Voltou-se para trás, pensou:
"Se eu for atrás dela conseguirei descobrir se é a Dione ou não"
Virou-se novamente para o carro onde seguiam as 4 raparigas , já muito longe.
Começou a correr , nunca tinha corrido tanto em toda a sua vida.
Ainda a pelo menos a uns 25metros do carro, não desistiu e ensistiu em continuar a correr, pois poderia vir a saber se era mesmo a sua irmã Dione ou não.
O seu telefone começa a tocar. Bill atende, mas não parava de correr atrás do carro.
Ouviu-se a voz de Tom do outro lado da linha:
-Bill?
-Sim... O que queres?
-O que se passa mano? Saíste para ires doar sangue à mais de uma hora, e ainda não voltás-te? Onde estás? Está tanto barulho...
-Tom, eu estou bem ! Estou a correr atrás de um carro.
-Estás a correr atrás do quê? Mas tu és maluco ou quê? Achas que o consegues apanhar? Estás-te aarmar em quê? Obiquelo é? Mas porquê?
-Tom, agora não dá! Depois falamos! Não esperem por mim, ainda devo demorar.
-Bill....
Bill desligou o telefone ao seu irmão, sem se preocupar sequer com o que este ia dizer. No entanto, não paráva de correr.
O carro começava a abrandar pois encontrava-se um sinal luminoso com luz vermelha para veículos.
Bill tentou correr ainda mais , para conseguir "apanhar o carro" no sinal luminoso.
Finalmente conseguiu chegar à janela do condutor do tal carro. Bateu nesta mesma, até que uma rapariga de cabelo liso, com uma cara estramamente oval, lhe abriu a janela e disse:
-Rapaz, estás bem ?
Bill não se limitou a responder, estava a suar, o seu coração estava acelarado. Olhou para os bancos traseiros do carro, e viu a rapariga parecidíssima a Dione, sentada ao lado da outra rapariga que a tinha chamado.
-Porfavor, diz-me o teu nome! - disse Bill quase a sufucar .
Essa rapariga (parecida com Dione) saiu do carro, agarrou em Bill, e pô-lo no carro junto com ela e as outras 3 raparigas.
-Mary, segue para o hospital! Este rapaz precisa de cuidados médicos.
-Não! Não é preciso eu estou bem. - respondeu-lhe Bill.
-Mas tu fartás-te-te de correr homem. - respondeu a outra rapariga que estava sentado no lado do pendura. Morena , alta, magra, de cabelos encaracolados.
-Mas não é preciso eu estou bem, obrigado =).
-Vamos para casa então. - Disse Mary, a condutora.
Mary, arrancou com o carro em direcção ao seu apartamento.
Bill, muitas vezes tentava falar, mas com o folêgo, não conseguia. Nem a tal rapariga parecida com Dione deixava.
Quando chegaram à tal casa, Bill entrou com as raparigas.
-Senta-te! Estás à vontade! - disse Mary.
-Então, afinal... Conta-nos lá qual a razão de tanta correria?
-Eu... Eu preciso de saber o teu nome.- respondeu Bill.
-Possa, tanta correria só para a conheçeres homem? Devias estar mesmo desesperado.- respondeu a rapariga que tinha chamado a "clone de Dione".
-Não! Vocês não estão a perceber...!
-Atão explica-te! - respondeu Mary.
Bill contou-lhes toda a história da sua vida, principalmente a perda da sua irmã Dione.
-Bem, e agora que já sabem! Podes-me dizer o teu nome?
-Bem... Que grande confusão.- respondeu-lhe uma das raparigas depois de ouvir com toda a atenção a triste história da vida de Bill.
-Podes q'rer! - exclamou a "clone de Dione"
-Porfavor! Preciso de saber o teu nome, tu podes ser a Dione. - disse Bill aflito, agarrando com toda a sua força as mãos da "clone de Dione", ao mesmo tempo em que as balançava.
-Desculpa, mas eu não me chamo Dione! Sou a Aiden. Esta rapariga de cabelo liso, nariz pontiagudo, cara oval é a Súh. Esta rapariga de cabelo liso de nariz achatado, cara extremamante oval é a Mary, e por fim, esta menina de cabelos encaracolados, magra, alta, é a Ashley. Somos todas de origem Inglesa, menos Súh, que é Portuguesa.
-Mas fiu estudar para a Inglaterra, conheçêmo-nos todas, e resolvermos vir morar e trabalhar para a Alemanha. Já cá estamos à 6 meses. E conseguimos falar perfeitamente Alemão.- respondeu Súh, completanto Aiden.
-Como podes ver.... - concluiu Ashley.
Bill olhou para todas, e , de seguida, olhou fixamente para Aiden, baixou a cabeça, e uma lágrima escorregou pelo seu suave rosto.
Aiden, tocou no seu queixo, e levantou-lhe a cabeça dizendo:
-Não chores! Desculpa se não sou quem tu pensavas! Ainda hás-de encontrar a tua irmã, vais ver!
-Achas mesmo? Ando à anos à procura dela. Tentativas falhadas, completamente perdidas ='(.
-Queres passar aqui a tarde, ou até a noite? Para ver se te acalmas mais, para conversarmos mais sobre o assunto. Pode ser até que te consígamos ajudar.
-Ímpossível! Não, obrigado! Mas vou ter de ir andando! o meu irmão e mais dois amigos já estão preocupados comigo. Tenho mesmo de ir! Desculpem qualquer "dano" que vos tenha causado, não era essa a minha intenção , acreditem!
-Tens irmão? - perguntou Mary.
-Ya ! É meu gémeo.
-OMG! Atão deve ser tão bom como tu! - respondeu Ashley.
-ASHLEY ? - perguntou Aiden!
-O que foi? Só disse a verdade! E como o velho ditado diz, quem diz a verdade , não merece castigo =P.
Todos se riram.
-Bem, eu vou-te deixar ir embora! mas com uma condição. - disse Aiden para Bill.
-Qual?
-Levo-te a casa sim?
-NÓS LEVAMO-LO A CASA!- responde Súh indo directamente para a porta.
-Ok!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:33 am

7ºCapítulo

As raparigas acompanháram Bill até à sua casa.
-Bem, acho que estás entregue. - Disse Aiden para Bill.
-Hum, hum! Obrigado meninas! E mais uma vez, desculpem qualquer coisa.
-Oh não faz mal =D ! Nós compreendemos! Se fosse connosco nós teríamos a mesma reacção que tu! Podes bem querer!
-Então? E não podemos subir? - Pergunta Súh, olhando fixamente para a casa de Bill.
-Súh! - Gritou Aiden.
Bill e as outras riram-se.
-É qe eu e a Súh temos de ir fazer "xixi" xD! - Disse Ashley tentando convençê-los.
-Bem, se é esse o caso! Venham lá! - Respondeu Bill.
Súh e Asley olharam para Aiden, ao mesmo tempo em que esta fazia o mesmo para elas. Fizeram uma cara do tipo "Tás a ver!", e sairam do carro.
Já em casa, Bill entra, acompanhado pelas 4 raparigas.
Georg vai em direcção a Bill e diz-lhe:
-Bem, estávamos a ver que nunca mais...
Algo o fez parar, quando reparou nas raparigas. Olhou-as de alto a baixo e fez uma cara de "menino contente".
-Estou a ver que trouxes-te companhia! - Completou.
-Companhia? - Perguntou Tom, pondo a sua cabeça por detrás da porta qe o separava do W.C e da sala. Puxou o autoclismo, lavou as mãos e foi em direcção a Bill, Georg e ás raparigas. Quando chegou ao pé destes, olhou as raparigas de alto a baixo (tal como Georg), e assobiou.
-Estou a ver que sim! Temos algo para nos divertirmos esta noite Twisted Evil !
Aiden olhou Tom de alto a baixo, levantou a sumbrancelha e exclamou:
-Bah! Qe nojo!
Todos olharam e riram-se para Tom, exepto este mesmo que ficou a olhar para Aiden.
-Vá meninas, despahem-se lá!
-Ham? - Perguntou Ashley que estava completamente fixada em Tom.
-Tu e a Súh não queriam ir ao W.C? - perguntou Aiden desconfiada.
-W.C? - perguntou Súh e Ashley ao mesmo tempo.
-Ah Simmmmm! W.C! xD! Ya! Estamos à rasquinha, Vamos Súh! - Acabada de dizer estas simples palvaras, Ashley, agarrou no braço de Súh, foi ter com o Tom, e este apontou para a porta do W.C.
Estas foram até lá.
-Podem-se sentar! - Disse Bill para Mary e Aiden. - Querem alguma coisa?
-Sim, pode ser uma água sff. - Respondeu Aiden, de olhou fixados no chão.
-Não há café? - Perguntou Mary.
-Sim , queres? - respondeu Tom.
-Pode ser =D!
-E tu Aiden? Tens a certeza que é só uma água? Não queres café? - Perguntou Bill mais uma vez.
-Se fazem questão! Obrigada =D.
-Okay! Vamos lá buscar Tom.
Bill e Tom foram direitos para a porta da cozinha, quando Bill se vira para Georg, que estava em pé , em frente ao sofá a olhar para Mary e Aiden.
-Georg? Vamos!? - Disse Bill puxando Georg.
-Mas tu só chamas-te o Tom!
Bill continuou a puxar Georg, até que finalmente o conseguiu pôr na cozinha.
-Que estranhos =/ ! - Exclamou Aiden para Mary, fazendo uma cara estranha.
-Oh não são nada! São mesmo queridos *.*! Principalmente o Bill =D!
Aiden olhou para Mary, que estava de olhos postos na porta da cozinha, e fez uma cara de xatiada, tentando disfarçar.
Já na cozinha Bill estava a fazer café , quando Tom lhe pergunta:
-Quem são essas miúdas?
-São as donas do carro que te disse que estáva a correr atrás! A Aiden é a rapariga parecida com a Dione! E foi por isso que estáva atrás delas! Para conseguir descobrir se era mesmo a Dione ou não!
-E?
-Pelos vistos enganei-me... - Bill baixou a cabeça, e novamente, uma lágrima escorreu pelo seu rosto, limpando-la de seguida.
-Georg, leva os cafés!
Georg agarrou no tabuleiro que tinha os cafés e levou para a sala, onde estavam as 2 raparigas. Bill e Tom foram atrás com algumas bolachas, e alguns bolos.
-Então, as outras meninas demoram muito? - Perguntou Tom ,e metendo uma bolacha na boca.
-Poiz, não sei! - Respondeu Mary, enquanto viu Aiden a beber o seu café a olhar para Bill.
Gustav entrou pela casa dentro com +/- 5 sacos na mão.
-Quem são estas meninas ? - perguntou.
-São amigas nossas. - Respondeu Tom seguindo-se de um soriso maroto.
-AMIGAS SIM! MAS DO BILL! - Respondeu Aiden que se levantou para ir cumprimentar Gsutav.
-Ah ok! Eu sou o Gustav, o amigo deles e o baterista da banda como devem saber! Desculpem vir nestas figuras, todo molhado! Mas lá fora está um tempo! GRRR! Qe nem se pode!
-Baterista da banda? Qual banda? - Perguntou Aiden pousando a sua chávena de café sobre a mesa e cruzando as oernas.
-Não sabem? -Perguntou Georg.
-Não!- Responderam as duas raparigas.
-Já vos explica-mos! Vou só ao W.C. - Disse Gustav seguindo-se para o W.C.
-NÃO VÁS! - Disseram todos ao mesmo tempo, mas Gustav já tinha aberto a porta do W.C, quando viu Ashley e Súh sentadas no chão a conversar.
Fechou a porta, pensou, e voltou a abri-la!
-Desculpem mas... Penso que sítio de conversas é na sala.
-Upz! Sim, vamos já! - Respondeu Súh levantando-se do chão.
Ashley fez o mesmo.
-Bem... - Disse Tom. - Já está a anoitecer! E está a chover! Acham que vão para casa com este tempo?
-Sim! Vamos! Não há problema. - Respondeu Aiden levantando-se do sofá enquanto Gustav entrava no W.C e fechava a porta.
-Não vão não! - disse Bill. - Com este tempo ainda é capaz de terem uma acidente! É melhor ficarem por cá! Amanhã vão embora!
-Pois! Ainda o carro escorrega...
-Bate, e nós partímos uma perna, ou mesmo o pescoço !Qem sabe!- Disse Ashley completando Súh.
Todos se riram.
-Mas... - tentou dizer Aiden.
-Mas nada! Ficamos cá e acabou! - Completou Mary.
-Tábem! Mas só hoje =D! - Disse Aiden.
Gustav saiu do W.C.
-Finalmente! Vá conta-nos lá essa história de seres baterista da banda...- Disse Mary.
-Ya conta! -Exclamou Aiden voltando-se a sentar no sofá.
-Banda? Que banda? - Perguntou Súh!.
-É o que estamos a tentar descobrir! Vá oiçam...- Respondeu-lhe Mary.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 11:33 am

8ºCapítulo

-Bem, nós temos uma banda chamada Tokio Hotel. Eu sou o baterista, o Bill é o vocalista, o Tom guitarrista, e por fim, o Georg é baixista! - dissse Gustav.
-Ficámos admirados por não saberem da existência da banda. - Disse Bill ás raparigas.
-Poiz.... Já tínhamos ouvido falar, mas agora conheçer mesmo e ouvir as músicas não. - exclamou Mary.
-Então Tom, que idade é que vocês têem? - perguntou Ashley.
-Eu e o Bill temos 18, o Gustav tem 19, e Georg tem 20. Eu e o Bill somos gémeos =D.
-Ya! Isso sabíamos.. O Bill contou-nos! - Disse Súh.
-Não são NADA parecidos! - Completou Aiden. - Pelo menos no pouco que vos conheçêmos.
-Então e as meninas? Que idade têem? - Perguntou Georg.
-EU tenho ...
-Não espera Ashhley.. Deixa serem eles a descobrir. -Exclamou Aiden.
-Epah isso não vale! Nós dissemo-vos! - Respondeu Tom.
-Poiz, mesmo que não dissessem nós descobríamos pela net xD! - Respondeu-lhe Mary.
-Qe Lata! - Disse Gustav convicto.
-Vá, adivinhem lá!
Georg e os outros, baralharam todas as idades. Não tinham acertado em nenhuma.
-Pronto! Já chega! Vamos lá dizer... - Exclamou Ashley.
-Eu, a Aslhey e a Súh temos 18. Só a Mary é que tem 17. - Disse Aiden descodificando as suas idades.
-Hum, ok! Não parece nada! Parecem mais novas xD- respondeu Gustav.
-Bem, vamos dormir? - perguntou Aiden.
-Já? Ainda é cedo (1h00).- respondeu Súh.
-Poiz, poiz... O que vocês querem sei eu!Vá bora! Xi xi cama! - respondeu Aiden levantando-se do sofá.
-Vá meninas, façam lá o que a mãe está a mandar! - disse Tom rindo-se de seguida.
Aiden chega-se ao pé do Tom, dá-lhe uma chpada e exclama:
-Olha lá rapazinho, mas eu dei-te confianças? Deves pensar que és um granda machão tu, só por teres uma banda, e andares aí com grandes camisolas XXL. Aposto que debaixo disso não tens NADINHA!
-Olha, olha, a espertinha! Queres ver é?
-Não, não qero! Para ver coisinhas más? Opah... Até amanhã! Já agora, onde durmo? - perguntou Aiden.
-Nós temos vários quartos, dá muito bem 1 para cada! - Respondeu-lhe Bill. - Escolhe um dos que estão desocupados.
-Ok, obrigada! Até amanhã!
Tom pensou :" Até amnha?". Foi atrás de Aiden, agarrou no braço desta, e puxou-a para o W.C.
-Pára estúpido! Estás-me a aleijar!- Respondeu Aiden, enquanto estava a ser "arrastada" pelo Tom para o W.C.
-Agora vaiz ver o que é bom para a tosse !
Tom entrou no W.C com Aiden, agarrou no chuveiro , abriu a água que estava GELADA, e mandou para cima da Aiden.
Aiden tentava sair mas Tom não a largava.
-Pára!
-É? Não páro não!
Bill eos outros, foram até ao W.C ver o que se passava. Bill entrou no W.C. , agarrou no chuveiro que Tom tinha na mão e desligou-o. Depois, tirou Aiden dos "braços" de Tom.
-TÁS PARVO OU QUê PAH? a MIÚDA AINDA MORRE CONGELADA! - exclamou Bill enquanto enrolava Aiden na toalha.
-Obrigada! -Exclamou Aiden pousando a sua cabeça no ombro de Bill.- Que parvo men!
-Bem vamos lá para o quarto.- Bill, agarrou Aiden ao colo e "transportou-a" para o quarto onde esta iria dormir.
Já no quarto, Bill deita Aiden na cama e dá-lhe algumas roupas para esta vestir.
-Desculpa o meu irmão! Ele ás vezes pássa-se!
-Realmente! Só ás vezes? Deixa, ele vai ter a desforra!
Bill quando deu as roupas a Aiden, virou-se para a cama onde esta estava sentada, e começou a olhar para ela.
-Bill?
Bill não respondia.
-Bill? - Voltou a gritar Aiden.
-Sim? - respondeu Bill.
-Podes sair? para eu me vestir sff?
-Ah sim! Claro, desculpa.
Bill saiu do quarto e ia direito à sala, quando parou, e olhou novamente para a porta do quarto onde Aiden se encontráva, que estava fechada. Foi até lá e epreitou pelo buraco da fechadura.
Viu Aiden tirar a sua roupa, ficando de boxer's e sutien, depoiz, vestiu uma scalças do pijama que Bill lhe tinha emprestado para dormir, e tirou o sutien , vestindo a camisola. Bill via estas cenas, enquanto Aiden estava de costas para a porta.
Tom passou no corredor e viu Bill a fazer aqela "cena".
-Bill? - Disse Tom - O que estás a fazer pah?
Bill assutou-se e desencostou-se logo da porta.
-Sim? Eu ? Nada!
Depois de ter dito isto, Billl foi para o seu quarto.
-Mas que raio? - Pensou Tom.
Tom ohou para todos os cantos do corredor , e foi até à porta do quarto "de Aiden", espreitou pela fechadura, tal como Bill tinha feito, mas Aiden já estava vestida.
Derrepente, Aiden abre a porta, e vê Tom que estava encostado à porta desta , qe mal a viu, foi contra a parede.
-Atão men? Não te chega o que me fizes-te e agora ainda me espreitas a vestir?- Aiden dá outra chapada a Tom. - PREVERTIDO!
-Mas....
Aiden foi direita à cozinha buscar um copo com água. Depoiz voltou para o seu quarto, onde Tom ainda estáva "colado" à parede.
-BAZA! - Disse-lhe Aiden.
Tom foi para o seu quarto, tal como os outros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nick@ <3
Admin
Nick@ <3

Mensagens : 96
Data de inscrição : 04/03/2008
Idade : 25
Localização : Algures neste mundO com o Nick

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Mar 18, 2008 2:21 pm

Coitadinho do Tom xDD seu perversO love






Tens de cntinuar axerio, Adoreeiiiiii !!! =D




Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kankaru Koharamo
Amador
Amador
Kankaru Koharamo

Mensagens : 95
Data de inscrição : 05/03/2008
Idade : 26
Localização : Ei, como é que eu sei?

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:19 pm

Muito louco , ROX!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:24 pm

9º Capítulo

Já no quarto, Aiden sentou-se na cama. Começou a pensar no Bill, depoiz no Tom, Bill, Tom.
-Mas o que raio é que se passa comigo? - Pensou alto - Vou mazé dormir para ver se fico melhor!
Deitou-se, apagou a luz, e virou-se para o lado direito (lado contrário onde estava a porta).
Já de noite, Tom acorda depois de um terrível pesadelo com a sua irmã Dione. Levantou-se e foi até à cozinha buscar um copo com água para se refrescar.
Na cozinha, poisou o copo no lavatório. Voltou para o corredor direito para o seu quarto.
Já no meio do corredor, Tom pára em frente à porta de Aiden. Encostou o seu ouvido à porta desta. Visto que estava tudo silencioso, resolveu entrar.
Já dentro do quarto de Aiden, Tom foi até ao lado para onde Aiden estava virada. Ajoelhou-se no chão, em frente a Aiden. Posou a sua mão na cara de Aiden. Ficou assim uns minutos, até que resolveu aproximar a sua cara da cara desta.
Passou os seus lábios nos lábios de Aiden, de leve, fazendo com que esta não acordasse.
Voltou para o lado vazio da cama (lado da porta) , e deitou-se nesta, ao lado de Aiden. Agarrou-se a ela.
Aiden sentiu algo , exclamando:
-Agarra-te a mim Bill!
Tom, depois de ouvir isto, largou a cintura de Aiden, levantou-se da cama, e ficou a olhar para esta, em pé... Em frente à porta.
-Bill? -Pensou Tom.
Sem tirar os olhos de Aiden, Tom foi até à porta do quarto , abrio-a, saiu e tornou a fechá-la , olhando mais uma vez Aiden.
Correu até ao seu quarto, onde se deitou na sua cama, e adormeuceu passado uns minutos.
Já na manhã seguinte, Bill levanta-se da cama e vai bater à porta de todos os quartos para todos se levantarem. Quando chega ao quarto de Tom, abre a porta e vê Tom sentado na cama agarrando os seus joelhos.
-Mano, vamos comer! - Disse Bill para o seu irmão.
-Não me apetece! Comam vocês... - Respondeu-lhe Tom.
-Então? O que tens? Tu não és de deixar de comer! Nem me digas que não tens nada! EU conheço-te bem! És meu irmão, e ainda mais, é meu gémeo.
-Bill ! Não tenho nada! Só não tenho fome!
-Oh tábem! Atão pelo menos vem p'ro pé de nós!
-Epah não me apetece!
Bill foi em direcção a Tom, agarrou no seu braço e começou a puxálo. Tom não queria sair do quarto, fez de tudo o que pudia para que Bill lhe largasse.
-COMAM VOCÊS! EU NÃO QUERO!
-Olha tábem!
Bill, saiu do quarto de Tom. Este olhou para a porta do seu qurato, agarrou numa almofada que tinha ao seu lado e mando-a contra a porta.
Já todos estavam na sala menos Aiden e Tom. Esta entrou pela porta da sala a dentro dizendo:
-Bom dia pessoal =D!
-Bom dia =D - Responderam os outros.
Aiden passa ao lado de Bill que já estáva sentado na mesa, ao pé dos outros, e manda-lhe um sorriso carinhoso, ao que Bill faz o mesmo para ela.
-Ei namoricos é no quarto sim? - Disse Súh.
Tom ia a entrar na sala, qaundo ouviu Súh dizer isto, voltou para trás e foi para o seu quarto novamente.
-Pára de ser parva Súh! - Respondeu-lhe Aiden.
-O que é ? É verdade! - Disse Ashley.
-Ya, Ya! - Respondeu novamente Aiden , trincando um pedaço da sua torrada. - Come e cala-te.
-Então e o Tom? - Perguntou Mary.
-Está no quarto - Respondeu-lhe Bill.
-Porquê? - perguntou Ashley.
-Diz que não têm fome! Algo se passa com ele! Está estranho hoje.
-Oh ! Deixa! Deve estar com remorços do que me fez ontem - Riu-se Aiden.
-Haha - Disseram as outras raparigas.
-Bem, eu vou lá dentro ver se o animo !
Aiden dirigiu-se para o quarto de Tom. Bateu à porta, ao que este não respondeu.
-Desculpa, posso entrar?
-Já entrás-te!
-Calma homem! - Disse Aiden fechando a porta do quarto de Tom. - O que tens?
-Nada!
-?? Decerteza?? - Disse-lhe Aiden sentando-se na cama, ao lado de Tom.
-Sim!
-Absoluta?
-Ya!
-Sintéctica?
-PORRA MEN! JÁ TE DISSE QE SIM! ABSOLUTA, SINTÉCTICA ANALÍTICA!
-Olha, já vi que não estás bem! Vou bazar!
Aiden, ao levantar-se da cama, torce o pé e cai no chão.
-Ai, ai , ai ! - Reclama esta.
Tom ao ver a situação, levanta-se da cama e corre até Aiden.
-Estás bem? - Diz Tom .
-O meu pé! Está a doer pa caraças!
-Deixa ver...
Tom agarrou no pé de Aiden, e fez uma "massagem". Enquanto massajava, olhava para Aiden, e esta, fazia o mesmo para Tom.
-Acho que já está bom... - Exclamou Tom, levantando-se do chão e esticando a mão a Aiden.
-Sim , está melhor! - Aiden agarrou na mão de Tom e levantou-se. - Obrigada.
Aiden , e Tom, tinham as suas mãos agarradas uma à outra. Cada vez mais iam-se aproximando um do outro.
Quando estávam quase , quase a tocar-se com os seus lábios um no outro, Tom afasta-se de Aiden, retira a sua mão da dela, e exclama:
-Acho melhor pôres gelo aí! Para isso não inchar. - Disse virando-se de costas para Aiden.
-Sim! É melhor.- Respondeu Aiden virando-se paraa porta. - Vou lá pôr gelo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:25 pm

10º Capítulo

Quando Aiden ia abrir a porta , Tom virou-se para esta e exclamou:
-Aiden, espera!
-Sim? - Respondeu-lhe Aiden largando a maçaneta da porta e voltando-
-se para Tom.
-Preciso de te perguntar uma coisa...
-Diz...
-Bem, tu... Tyu gostas do meu irmão?
-Do teu irmão? - Perguntou Aiden mordendo o lábio inferior.
-Sim! Do Bill. Podes dizer à vontade!
-Bem....
Quando Aiden estava prestes a responder, Bill bate à porta e entra no quarto de Tom.
-Então? Estás melhor?
Aiden suspira , e sai do quarto de Tom a "tentar" correr já que o seu pé estava um pouco inchado. Já Tom, deu meia volta com as mãos agarradas à cabeça e deitou-se na cama de barriga para o ar...
-O que se passa com ela? - Perguntou Bill olhando e apontando para porta do quarto de Tom. - Oq ue é que lhe fizeste Tom?
-Eu? Olha, tu é que chegás-te na altura errada e vens p'ra qui dizer que eu lhe fiz algo? Não men!
-Nós já falamos! - Disse Bill apontando para Tom.
De seguida, saiu do quarto de Tom, deixando assim, a porta aberta , e dirigiu-se para a cozinha, onde Aiden estava "apoiada" no balcão de granito, a chorar e a pôr gelo no seu pé.
Os outros tinham ido dar uma volta.
-Vou sair ! - disse Tom, agarrando no casaco e saindo porta fora , ficando assim só Bill e Aiden sozinhos em casa.
Sem Aiden reparar, Bill vai pé-ante-pé , até esta. Agarra-a na cintura, e começa a percorrer-lhe o pescoço com beijos carinhosos, ao que Aiden respondeu, sem se virando.
Deixou o gelo cair, e as suas lágrimas agora, já não eram lágrimas, mas sim sorrisos que lhe enchiam o rosto de prazer.
Continuava virada de costas para Bill, sem o ver...
-Bil....? !- exclamou Aiden sempre a sorrir.
-Como sabes que sou eu? - Perguntou Bill continuando a beijar a cara e o pescoço desta.
-Pelo teu cheiro!
Bill virou Aiden de frente para este.
-Mas eu cheiro assim tão mal ??? scratch
-Não Parvo!
-Parece...O que tinhas?
-Nada! Porque?
-Tavas p'ra ía chorar!
-Oh! Esqeçe ! Coisas passadas.
-Mas...
Bill não consegue acabar a frase que iria começar, pois Aiden surpreende-o com um beijo caliente!
-Onde é que íamos? - Perguntou Bill.
-Não sei! Diz-me tu! - Respondeu-lhe Aiden.
Bill agarrou nas pernas de Aiden, e esta enrolou os seus braços à volta do pescoço de Bill. Este pôs Aiden em cima da pequena mesa que estava ao lado da bancada , na cozinha.
Em cima da mesa, estávam alguns pratos , copos, etc...
Aiden passou o seu braço por cima da mesa, atirando tudo o que estava em cima desta, para o chão. Bill deitou-a sobre a mesa, e deitou-se sobre Aiden.
Ainda vestidos, Bill percorreu cada cm do corpo de Aiden com beijos.
-Achas bem o que estamos a fazer? - Perguntou Aiden.
-O que? De mal não têm nada! É uma coisa super normal !!!
-Se tu o dizes...
Acabada de dizer isto, Aiden empurra Bill para trás, senta-se na mesa, retira o elástcio branco que lhe prendia o cabelo , e volta a puxar o Bill de novo, para ao pé dela ficando ela com uma perna para cada lado da mesa, e Bill de joelhos, em cima da mesa, em frente a Aiden.
Aiden começa a retirar a T-shirt a Bill, ficando este em tronco nú. Bill começa a desapertar os botões das calças de Aiden, e tira-lhe a blusa.
Derrepente, ouvem alguém abrir a porta.
-Veste-te! Rápido! - Disse Aiden.
Aiden vestiu a sua blusa e apertou os botões das suas calçãs. Enquanto Bill, vestiu a sua T-shirt e sentou-se rapidamente na cadeira da cozinha.
-Voltei mal....ta! - Disse Tom olhando para todos os pratos caídos no chão.
Olhou para Aiden e Bill que estávam sentados nas cadeiras.
-O que é que raio se passou aqui? Poracaso hoive algum terramoto só aqui em casa? É que lá fora não houve nenhum! - Disse tom um pouco nervoso.
-Poiz... isto!...- Disse Aiden.
-Ei mano ! Calma! isto foi só porque... - tentou dizer Bill quando foi interrompido por Aiden.
-Isto foi o teu irmão!
-Eu? - perguntou Bill apontando o dedo para si próprio.
-Sim tu! Epah oh Bill! Eu sei muito bem que tu querias apanhar o pobre do bicho para eu não ter mais medo..Mas sinceramente.. Achas que era preciso tanto? - Respondeu Aiden.
-Ham? Bicho? - Perguntou Tom erguendo a sua sumbrancelha direita.
-Ham? Sim! Bicho! Hum... Uma terrível...
-ARANHA! Sabes... Eu tenho PAVOR de aranhas! E então começei aos berros e o Bill , ao querer apanhá-la, "destruiu" a cozinha interia - Respondeu Aiden fazendo "aspas" na palavra destruiu, com os seus dedos.
-Ha! ya! Aranha... Bem .. Vou voltar para o meu quarto...- Disse Tom voltando-se para a porta da cozinha.
Bill e Aiden olharam um para o outro e suspiraram
-Já agora.. Aiden...
-Ham? Sim! Diz, diz...
-O teu pé está melhor? - Perguntou Tom.
-O meu pé? Ah sim! O meu pé... Sim.. está bem...MUITO MELHOR! Obrigada! =)
Tom esticou o seu dedo polegar fazendo sinal "fixe". Voltou para o seu quarto.
-Bem, onde íamos? - Disse Bill agarrando-se a Aiden.
-Íamos arrumar esta porcaria toda! Vá, ajuda lá...
-Opah! .. Vá lá... Continuamos...Estava a começar TÃOOO bem! - Disse Bill agarrando-se novamente a Aiden.
-Não bill! CHEGA! O Tom está cá! Vá ajuda. Pega na pá!
Depois de ter dito isto, Aiden atira a pá para Bill, e estes dois começam a limpar a cozinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:25 pm

11º Capítulo

Quando estavam a acabar de arrumar acozinha, Ashley, Súh, Gustav, Georg, e Mary, chegam a casa, indo directamente para a cozinha.
-WOWWWWW... O que é que se passou aqui páh? - Perguntou Mary olhando para os poucos vidros que restavam no chão.
-Foi uma aranha. - Disse Bill olhando para Aiden.
Quando acabaou de dizer isto, Bill e Aiden desataram-se a rir.
-Olha! Passáram-se! - Disse Súh.
-Completamente! - respondeu Gustav.
-Pera... Não ouvi bem!... Uma ARANHA? - Perguntou Ashley.
-Ya! Porquê? - Perguntou Aiden.
-AI, AI , AI! EU TENHO PAVORRRRR A ARANHAS! MATEM.....MATEM...TIREM ESSA COISA NOJENTA CÁ DE CASA! RÁPIDOOOO! -Disse Ashley metendo-se em cima da cadeira, aos pulos e a gritar.
-Calma Ashley, já a matámos!- Disse Aiden.
-Ah fixe... - Respondeu Ashley saindo da cadeira.
-CUIDADO! OLHA AÍ A ARANHA! - Disse Bill, seguindo-se de uma forte gargalhada.
-AHHHHHH! TIREMMMMMM! - Disse Ashley começando a berra de novo, e pondo-se outravez em cima da cadeira aos pulos.
-Bill ! Não a assustes - Disse Aiden dando uma cotovelada a Bill.
-Mas afinal está uma aranha ou não? - Perguntou Gustav olhando para Ashley que estava em cima da cadeira a roer as unhas.
-Não! Já a matámos e já a deitámos para o lixo! Podes sair Ashley! - Disse Aiden.
Quando Ashley ia sair da cadeira, desiquilibra-se , e ia para cair, quando Gustav a agarra. Ficam mais ou menos 2 minutos a olhar um para o outro, em silêncio.
-Malta.... Vamos sair daqui...Estamos a mais... - Disse Aiden susurrando.
Os outros sairam da cozinha pé-ante-pé, e deixaram Gustav e Ashley sozinhos na cozinha.
-Gustav... Já me podes largar.
-Ham? Ah sim! Desculpa. - respondeu Gustav a Ashley, e de seguida, largou-a no chão.
-Obrigada! - Disse Ashley indo para a sala.
-Ashley! Espera...
Gustav agarrou no braço de Ashley, puxou-a para si, e beijou-a, continuando a agarrar nos seus braços.
-Pára Gustav! - Gritava Ashley tentando "escapar" de Gustav.
Gustav parecia surdo, não ouvia nada do que Ashley lhe dizia, e continuava a agarrá-la e a beijá-la.
-PÁRA GUSTAV! - Gritou mais uma vez Ashley.
Mas Gustav não a largáva. Ashley consegue soltar um dos seus braços e dá uma fortíssima chapada a Gustav, que fez eco em toda a casa.
Depoiz, correu para o seu quarto a chorar, enquanto Gustav ficou petrificado a olhar para as suas mãos e a pensar:
"-Mas o que é que eu fui fazer meu deus?"
Virou-se para a porta da sala, e correu até ao quarto de Ashley. Bateu À porta do quarto desta e entrou.
-Desculpa ! Não te queria magoar! Eu sei que não tenho desculpas mas...
-MAS NADA GUSTAV! E NÃO! NÃO TENS MESMO DESCULPA PARA O QUE ME FIZES-TE! Beijás-te-me à força...
-A única coisa que posso fazer neste momento é pedir-te desculpa ! Sei que errei Ash! ... Mas não resisti!
-Azar o teu Gustav! Tivesses resistido! ... - Respondeu Ashley apontando para a cara de Gustav e de seguida, metendo a cabeça entre as pernas.
Gustav baixou a cabeça.
-Espera lá... O que é que tu me chamás-te? - Perguntou Ashley olhando de novo para Gustav.
-Aslhey porque?
-Não! Diminuitivo de Ashley!
-Ash?
Os olhos de Ashley começáram a brilhar de um momento para o outro, e outra lágrima percorreu o seu rosto, enquanto sorria para Gustav.
-Já não estás xatiada comigo?
-Eunão estou xatiada! Estou ZANGADA! - Disse-lhe Ashley.
-Mais uma vez.. Desculpa... Mas porque é que me perguntás-te se te tinha chamado Ash?
-Porque...
Georg entra no quarto onde Gustav e Ashley estavam a conversar.
-Ah malta... - Disse Georg...
-BAZA! - Respondeu Gustav e Ashley ao mesmo tempo.
Georg levantou as suas mãos e disse:
-Vou já bazar!
De seguida, fou-se embora.
-Porque.... Era o meu pai que me chamava de Ash...
-Não queres que te chame é?
-Não! Quer dizer.. não é isso! É que o meu pai era uma pessoa muito importante na minha vida... E derrepente, PUFF, desapareceu dela...
-Morreu?
-Não! Desapareceu mesmo!
-Porquê?
-Não sei! E o mais estranho é que eu sei que ele, nunca se iria em bora, sem se pelo - , despedir de mim.
-Secalhar não te queria fazer sofrer...
-Não! Eu conheçi-a-o bastante bem! E ele a mim! Sabíamos sempre quando um ou outro estava triste! - Respondeu-lhe Ashley baixando a cabeça e começando a chorar.
-Posso-te abraçar? - Perguntou Gustav.
Ashley abanou a cabeça, afirmando que sim.
Gustav abraçou-a.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:25 pm

12º Capítulo

Aiden foi até ao quarto onde Gustav e Ashley estavam. Entrou sem pedir licença e sem bater à porta.
Viu estes a beijrem-se e pensou:
"-Upz.. Vou voltar lá para dentro".
Fechou a porta com cuidado, para eles não ouvirem.
Tom , estava a passar no corredor e viu Aiden à sua frente.
-Aiden, espera! - Disse Tom correndo até esta que estava a poucos metros dele.
-Sim?
-Aquilo da aranha é mentira não é? Tu gostas mesmo do meu i~rmão não gostas?
-Tom! Pára de ser insistente! - Aiden virou costas a Tom e foi sair com Bill.
Tom, que depois de ver Aiden sair com o seu irmão, voltou-se e dirigiu-se para o seu quarto, quando foi interrompido por Súh
-Tom! Podemos conversar?
-Sim, claro !Diz...
-Podemos entrar no teu quarto?
Tom ficou a olhar uns momentos para Súh, até que por fim lhe respondeu:
-Sim! Claro ! Vamos lá!!!
Tom abriu a porta do quarto e deixou Súh passar em 1º lugar. Súh sentou-se na cama de Tom, enquanto Tom despiu o casaco e guardou-o no armário.
Quando Tom estava a depir o casaco, um pouco da blusa subiu, e Súh viu alguns dos seus bons abdominais.
"OMFG! Como ele é BOMMMMM" - Pensou Súh.
De seguida, Tom sentou-se ao lado de Súh, e pôs o seu barço por cima do ombro dela.
-Então? Conta lá... O que é que querias falar comigo?
-Tom, sabes... Eu ouvi a tua conversa com a Aiden...Aqui, agora, no corredor!
-Hum...hum... Estou a ver que agora andas a ouvir atrás das portas !
-Nada disso Tom! Estava a passar e sem-querer ouvia vossa conversa!
-E então?
-A Aiden gozta mesmo do Bill... E já deu para perceber que ele também sente o mesmo por ela! E tu Tom?
-Eu o quê?
-Tu também gostas dela não gostas?
-Não Súh! Achas? E não tinha mais nada que fazer a não ser gostar de uma miuda mimada como aquela! Ela por vezes é arrogante .
-Pois.. É mesmo já o feitio dela!
-Pois, mas nem todos temos que ser obrigados a aturar aquele feitio né?
Súh abanou a cabeça afirmando.
-Então e tu Súh? Não tens boyfriend? xD
-Eu? não xD!
-E não gostas de ninguém ? Um carinho especial?
Súh olhou para Tom e corou. Depoiz, voltou a baixar a cabeça e disse:
-Sim! Gosto, mas essa pessoa não gosta de mim!
-Quem é esse tal stúpido que não gosta de ti? E que te anda a fazer sofrer? Vou-lhe já aos queixos.
Súh olhou novamente para Tom... Mas ficou um tempinho fixada nele.
-O que foi? - Perguntou Tom intrigado.
Sùh ganhou coragem, e deu um beijo ao Tom. Acabado o beijo, Tom ficou a olhar para Súh com cara de quem não estava a entender nada do que se passava, e Súh correu para fora do quarto de Tom, para o quarto onde tinha dormido na noite anterior.
"O que é que foi isto pah?"- Pensou
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:27 pm

13º Capítulo
Atenção : Caras leitoras... É só para notificar-vos que vai haver uma mudança. Vou alterar o nome " Súh " para " Andie ". Mas não mudarei o nome nos cap.'s anteriores pois dá muito trabalho xD .. Obrigada pela atenção! Desfrutem de mais um cap. Very Happy
Personagem secundária : -> Érick - Amigo e fotógrafo de Aiden, Súh, Ashley e Mary.
Já no seu quarto, Andie sentou-se no chão encostada à porta, a chorar.
Tom bate à porta. Visto que Andie não responde este tenta abrir a porta, mas não consegue pois esta estava a bloquear a porta.
-Andie ... Estás aí? Abre a porta please !
Andie desencostou-se da porta, e abriu a porta deixando que Tom a abrisse ainda mais. De seguida, correu para a sua cama, e sentou-se nesta .Tinha corrido como se parece-se que fugia de algo.
-Temos de falar ! - exclamou Tom
-Tom, de vez em quando, as palvras não são precisas! Eu já te "disse" tudo o que tinha a dizer. Penso que sabes o que quero dizer...
-Mas aquele beijo Andie... O que foi aquilo ? Quer dizer.. Eu percebi.. Mas foi.. Tão derrepente :S!
-Nada mudará... Eu gosto de ti! Desculpa... - Andie baixou a cabeça.
Tom levanta a cabeça desta e exclama:
-Não tens de pedir desculpa por nada mas Andie, infelizmente, não conseguimos controlar o que sentimos pelas outras pessoas... Eu não te quero magoar mas...
-Tu gostas da Aiden!
-Como sabes?
-Eu veijo a maneira como ages com ela... Como olhas para ela!
-Desculpa...
-Não peças desculpa Tom ! Como disses-te , nem tu nem eu temos a culpa de gostarmos das pessoas erradas!
Tom olhou para Andie, esforçou um sorriso, e beijou-a de leve na sua face. Voltando para a sala.
Andie deitou-se sobre a sua cama e apenas duas lágirmas lhe cairam sobre a sua cara, ao que ela limpou-as de seguida.
Gustav e Ashley ainda se encontravam no quarto a falar.
-Bem, e como é ? - Perguntou Gustav.
-Como é o quê Gustav? - Perguntou Ashley.
-Em relação a nós! Namoramos?
-Gustav ...
-Sim ...?
-Eu gosto muito, mesmo muito de ti... Mas...
-Mas o quê Ashley? Se tu gostas de mim, como dizes, e eu gosto de ti... Qual a razão para não ficarmos juntos?
-Eu não estou preparada Gustav! O meu último namoro não me correu muito bem! Preciso de um tempo para pensar...
-Eu dou-te o tempo que quiseres ! Mas vamos passar um pelo outro como se nada acontece-se?
-Não Gustav! Vamos, andando... Curtindo... Só não podemos andar sempre colados um ao outro okay? Pff!
-Tudo bem! Vamos para a sala?
-Sim!
Gustav esticou a sua mão e olhou para Ashley... Esta colocou a sua mão sobre a de Gustav, e os dois seguiram para a sala.
Tom estava sentado no sofá com as pernas em cima da mesa, a ouvir música do seu I-POD .
Quando Gustav e Ashley entraram na sala, e viram Tom sentado no sofá a ouvir música , largaram as suas mãos e dirigiram-se a Tom. Este começa a cantar a música que estava a ouvir " Do You Wanna Fuck ? ". A sua música preferida, de todas as milhares que lhe preenchiam o I-POD.
Bill e Aiden chegaram a casa com alguns sacos na mão. Dirigiram-se à cozinha, e pousaram os sacos lá, voltando os dois para a sala.
-Então? O que é que esse tá a ouvir? " Do You Wanna Fuck? " ? - Perguntou Bill.
-Poiz... Então.. O que é que querias que ele estivesse a ouvir? A única coisa que ele anda a ouvir agora é essa porcaria de música.
-Até é fixe - Respondeu Aiden.
Só neste preciso momento, é que Tom abriu os seus olhos e reparou nos 4 que estavam em frente a ele. Tirou os seus fone dos ouvidos, desligou o seu I-POD, olhou para Aiden , e perguntou:
-E o que é que se passa?
-Nada! Estávamos-te a ver a cantar xD - Respondeu Aiden.
-Pois! -Disse Tom ficando a olhar para Aiden.
-O que foi? -Perguntou esta.
-Nada! Estáva só a admirar a tua beleza.
Aiden corou.
Bill olhou para esta e para Tom, e disse:
-Olha lá men! Não tens mais nada que fazer?
-Poracaso não! Porquê?
-Não tens? Eu arranjo-te !
Bill foi buscar uma da guitarra de Tom. A essa guitarra, Tom, tinha dado o nome de " Mariana ". Pois sempre tinha gostado desse nome. Deu a guitarra a Tom e disse-lhe :
-Afina lá a tua " Marianazinha " que ela está um pouco p'ró desafinada.
-Ai ! Já não estou a gostar da conversa! Bem, vou chamar as outras meninas para irmos embora! Já se faz tarde! - Respondeu Aiden.
-Fiquem cá ! - Disse Georg saindo do W.C.
-Ya! Fiquem! - Disse Gustav olhando para Ash (Ashley) de seguida , e mandando um sorriso comprometedor.
Ash retribuiu-lhe o sorriso.
-Não! Temos de ir ! A Cleo já não deve ter praticamente comer nenhum.
-Oh Aiden! Deixa lá a cadela! Ela safa-se sozinha. - Respondeu Ash.
-Não Ash! Vamos bazar e acabou! Já cá dormimos uma noite! Já chega.
-Atão pelo menos, jantem !- Disse Bill.
-Ya Aiden ... Pedes ao Érick para lhe ir por comer lá a casa! Ele têm as chaves.
-Tábem! Ma sé só jantar! Vou ligar ao Érick.
Aiden vai até à sua mala, tira de lá o seu LG Chocolate PINK e telefona ao Érick.
* Ao Telefone *
-Estou? Érick ? É a Aiden!
-Estou? Sim! Olá Aiden! Então.. Tudo bem ?
-Sim e tu?
-Tudo bem! Então? Novidades?
-Sim! Hum.. Quer dizer.. Não! Depoiz conto-te okay? Preciso de um favor..
-Ok! Claro... É só dizeres..
-Nós ontem não dormimos em casa! E eu não deixei quase comida nenhuma à Cloe ! E hoje devo chegar tarde! Por estas horas a Cloe já não deve ter comida nenhuma! Já que tens as chaves da nossa casa, podes ir lá pôr-lhe comida porfavor Érickzinho ?
-Pois... ! Andam na ramboiada e depois o Érickzinho é que têm que levar com o trabalho todo ás costas!
-Vá lá Érick! Não te custa nada! Please *.*!
-Okay! Eu vou!
-Ai! Obrigada =D Até amanhã!
-Até amanhã!
-Olha..Espera, espera!
-Sim?
-Não te esqueças de pôr água também ^^!
-Sim! Mais algo?
-Não! Obrigada =D
-Xau! Beijinho ...
-Beijinho! Adoramos-te !***
* Fim do Telefonema *
-Então? Ele vai lá? - Perguntou Mary, que já se tinha juntado com os outros, enquanto Aiden estáva ao telefone.
-Ya! - Respondeu Aiden.
-Bem! Vamos fazer o comer? - Perguntou Ash.
-Não! - Respondeu Bill - Comprei Pizza!
-Okay! Vamos comer então! -Disse Tom.
-Vou chamar a Andie ! - Disse Aiden que se encaminhou logo para o quarto de Andie.
-Andie? - Disse Aiden enquanto batia à porta e a abria lentamente.
Andie estáva a dormir. Aiden chegou-se ao pé desta e acordou-a com um beijinho leve na sua cara.
-Anda comer amor ! - Respondeu Aiden puxando Andie da cama.
-Calma! Tou a ir! Não é preciso me puxares. - Respondeu Andie largando-se de Aiden e bocejando.
-Vá bora molengona! Depois hádes-me contar o que aconteceu! Estás murcha.
-Conto-te em casa!
Aiden abanou a cabeça positivamente. As duas seguiram para a mesa, onde já estáva tudo sentado, menos elas...
-Já cá estamos! - Disse Aiden a todos.
Sentaram-se nas cadeiras. Aiden sentou-se ao lado de Bill, e Andie ao lado de Tom.
-Aiden! Importas-te de trocar de lugar comigo pff? - Pediu Andie.
-Sim claro! - Respondeu Aiden levantando-se da sua cadeira e sentando-se na que estava Andie, fazendo o mesmo.
-Mas porquê? -Perguntou Bill.
-Hum... Não sei!! Não gosto de ficar virada de costas para a porta!
-Okay! - Respondeu Bill olhando para Aiden, e de seguida para Tom.
-Então... Contem-nos lá isso da Cloe, do Érick ...- Disse Gustav trincando um pouco da sua fatia de Pizza.
-A Cloe é a nossa mascote! Mais propriamente uma cadela super carinhosa! Mais da Aiden ... - Respondeu Mary.
-Ya! A Aiden anda sempre preocupada com a cadela! E anda sempre com ela.. Para todos os sítios que vá! Não a larga xD - Completou Ash.
-Pois! Aquela cadela é muito importante para mim! - Disse Aiden sorrindo.
-E o Érick? - Perguntou Tom olhando para Aiden.
-É um amigo nosso! E o nosso fotógrafo! - Disse Andie.
Os 4 rapazes engasgaram-se e perguntaram ao mesmo tempo:
-FOTÓGRAFO?
-Sim! Nós somos modelos fotográficas ! =D - Respondeu Ahs.
-E não nos contaram porquê? - Perguntou Gustav.
-Ei ! Calma ya? Nós só nos conheçêmos à nem 2 dias rapazes! Não nos lembrámos !
Bill abanou a cabeça e exclamou:
-E há mais algo que não se tenham lembrado de contar e que queiram contar agora?
-Acho que não! - Disse Ash.
-Ah! Sim!
- ... ?
-Eu sou modelo fotográfica, tenho um curso de fotógrafa, de veterinária ! Ás vezes ajudo o Éricka fazer várias cenas relacionadas com a fotografia! E de vez em quando também "trabalho" numa clínica veterinária em Londres ... Mas por enquanto parei, pois estou na Alemanha como podem ver! Essa clínica é da minha tia! A Mary, alémd e ser modelo fotográfica é também, artista de ginástica. A Andie também anda a estudar para actriz, e é modelo fotográfica.. E por fim a Ash.
- ...A Ash, que é modelo fotográfica, modelo de passarelle, publicidades, e ajudante nas cresçes Very Happy - concluiu Ash interrompendo Aiden.
-Pois.. É isso xD!- Disse Mary.
-Porra! E eu que pensáva que nós andávamos sempre ocupados! - Disse Gustav.
-Hum, hum... -Completou Bill.
-Podem q'rer men! - Respondeu Georg.
As raaprigas riram-se . Aiden olhou para Tom e viu este a olhar para ela. Passado uns segundos de olharem um para o outro, Aiden desviou o olhar, fazendo Tom o mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keke
Iniciante
Iniciante
Keke

Mensagens : 15
Data de inscrição : 07/03/2008
Idade : 25
Localização : Montije @

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeDom Mar 30, 2008 3:27 pm

14º Capítulo
-Mano, não há aí cerveja ou vinho? - Perguntou Tom
-Não sei ! Mas não vais começar a beber Tom! - Respondeu Bill.
-Porque? - Perguntou Mary.
-Ya manO! Porque? - Perguntou Tom
-Porque sabes que quando bebes não páras! Só páras quando te deitas na cama!
-E então?? És tu que arrecadas comigo ás costas poracaso? - Perguntou Tom apontando o garfo à cara de Bill.
-Poracaso até sou .|. - Respondeu-lhe Bill.
-Brrr! Desmancha prazeres!
-Epah! Óh Bill... Não sejas assim! Deixa lá... Eu vou ver s etêm no frigorífico ou na dispença. - Respondeu Ashley que se levantou de imediato para ir ver se havia ou não bebidas allcólicas.
-Fixe miúda! - Respondeu Tom. De seguida virou-se para Gustav. - Tu é que tens sorte em ter uma coisinha destas hein???
-Tom! - Gritaram Aiden e Gustav ao mesmo tempo. Mas Gustav mandou uma cotevelada a Tom.
-Aiden? O que é que queres do Tom? - Perguntou Bill.
-Ham... Eu ? Nada! Era só porqeu ele deixou cair o guardanapo dele. - De seguida, Aiden agarrou no guardanapo de Tom e deixou-o cair de propósito. - Vêz? Está no chão!
-Aqui está a cervja =D! E também o vinho Very Happy- Disse Ahsley trazendo 2 garrafasde vinho e 2 de cerveja!
Ashley voltou ainda, várias vezes à cozinha para ir buscar o resto das bebidas.
Tom e os outros foram bebendo, bebendo, e bebendo até caírem para o lado de bêbedo!
Mas os outros ainda se aguentavam em pé! Só Tom é que já não conseguia com a cabeça nem com o corpo.
-Porra! Este está BEM MAL! - Disse Ash.
-Vêem? Eu avisei-vos! Agora quem vai ter de o aturar sou eu né? Bem.. Vou levá-lo para a cama! - Respondeu Bill.
-Nãoooo! Esperem! Eu quero que a menina Aiden me leve. - Respondeu Tom já "deitado" sobre a mesa de jantar e a pontar o dedo para Aiden.
-Eu?? Olha, foste tu quem te embebedaste! Eu não tenho filhos tenho de aturar os filhos de outros não? HAHA! Era SÓÓÓ O QUE ME FALTAVA .|. .
-Não tens filhos porque não queres! Puderias ter muitos TOMZINHOS ! - Respondeu-lhe Tom levantando-se da mesa e virando-se para Aiden que estava o seu lado.
Quase que caía sobre esta mas ela, agarrou-o, empurrou-o contra a parede e deu-lhe dois chapadões, e exclamou:
-Vê mazé se acordas para a VIDA REAL MEU AMOR! - Disse apontando para a cara de Tom - Andie! vai levar o Tom ao quarto ! E deita-o.
-Eu???? Porque eu?? É melhor o Bill!
-Porque razão é a Andie? Posso ser eu - Disse Ash.
-ASH! É A ANDIE! - Gritou Aiden.
-Vais lá Andie? - Perguntou Georg.
-Tábem!
Andie agarrou no braço de Tom e pô-lo em cima do ombro dela, seguindo assim para o quarto de Tom.
-Mas porque razão quizes-te que a Andie fosse? - Perguntou Gustav.
-Porque tenho a impressão que ela está triste! E é porcausa dele! E pode ser que assim "façam as pazes" xD. - Respondeu-lhe Aiden sentando-se no sofá.
Ash, Bill, Gustav, e Georg, sentaram-se também no sofá ficando Mary sentada ainda na cadeira da mesa de jantar.
-E a mesa? Não se arruma? - Perguntou Mary.
-Não! Ela não se arruma! Deixamo-la sempre no mesmo sítio. - Respondeu Georg.
Todos se riram.
-Deixa lá isso Mary! Vêms entar-te aqui connosco! Amanhã a empregada limpa tudo =D - respondeu Gustav.
Já no quarto de Tom, Andie entra com esta ainda agarrado a ela. Deita-o na cama , e vai ao W.C do quarto de Tom abrir a torneira de água fria. Volta para ao pé deste, e começa a despir-lhe a T-Shirt, a tirar-lhe o cinto, as calças. Faz com que este fique só em boxer's.
-Vá Tom! Vamos lá tomar banho! - Disse Andie.
-Eu não quero tomar banho! Quero ficar aqui a dormir. - Respondeu Tom, quando se virou para o outro lado da cama se tapou.
Andie voltou, novamentem, ao W.C para desligar a torneira. Foi outravez para o quarto, e Tom estava sentado na cama.
-Eñtão? Não ias dormir? - Perguntou Andie.
-Sim! Ia! Mas começei a pensar noutras cenas e fiquei sem sono.
-Pois! Mas secalhar é melhor ires dormir!
-Não posso!
-Porquê?
-Estou..... Exitado !
-Ham? - Andie corou e virou a sua cara para o lado contrário do Tom.
-Sim! Ainda não percebeste?? A minha coisa... Está EM PÉ!
-Tom! - Exclamou Andie ao mesmo tempo em que se levantava da cama e ficou parada a olhar para Tom. - E o que é que eu tenho a ver com isso? Queres que te compre uma boneca insuflável para te consolares é?? xDD.
-Não! Mas pudias me aliviar!
-Oh Tom! Tu não tens consciência do que estás a dizer ! Tu estás completamente BÊBEDO!
Tom deitou-se na cama virado de barriga para o ar. Quando Andie se ia a virar para se ir embora, Tom senta-se na cama, agarra na cintura de Andie e puxa-a para a cama fazendo esta cair mesmo ao lado dele.
Páraram uns momentos a pensar e a olharem um para o outro , sempre deitados. Tom com a mão na cintura de Andie.
Derrepente, os dois aproximaram as suas cabeças uma da outra, com muita rapidez, de forma a que se beijaram.
Tom puxou Andie para cima deste e começou a tirar-lhe a sua blusa, depoiz Andie saiu de cima de Tom e tirou as calças, ficando em boxer's e sutien.
Voltou-se a pôr em cima de Tom, sempre agarrados, aos beijos.
Ainda na sala, Aiden exclamou:
-Então men? Aquela demora assim tanto tempo a meter o teu irmão na cama?
-Pois... Secalhar não o foi só meter na cama! Também foi acompanhá-lo! xD- Respondeu Bill com um ar irónico.
-Pronto! Mais uma noite que ficamos cá a dormir! Isto nunca mais acaba ! - Respondeu Aiden.
-Oh mana! Não sejas assim! O qu etêm ? É só mais uma! Não vai fazer mal a ninguém . - Disse Ash.
-Okay! Ficamos! Mas agora é a sério! Só mais esta noite!
Andie e Tom estavam, agora nús, debaixo dos lençóis. Tom percorria o corpo de Andie com beijos suaves, que lhe faziam arrepiar a pele .
Andávam ás voltas sobre a grande cama do quarto de Tom. Reboláram tanto, que caíram no chão, e levaram os lençóis a trás.
-Tás bem ? - Perguntou Tom.
-Hum, hum!
Depois de ter respondido, Andie levanta a sua cabeça e beija Tom, continuando sempre a beijá-lo.
Aiden já tinha adormecido no sofá da sala, vestida. Todos já se tinham ido deitar , menos Bill que tinha ido ao W.C.
Saiu do W.C e viu Aiden adormecida no sofá. Pegou-a ao colo, e levou-a para o quarto de Bill.
Lá, deitou-a sobre a sua cama, e despiu-a deixando só esta, ficar em langerie.
Despiu-se também, ficando em boxer's e deitou-se sobre Aiden. Logo de seguida, começou a beijar a sua cara, o seu pescoço, a sua boca , fazendo esta acordar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tita
Admin
Tita

Mensagens : 115
Data de inscrição : 03/03/2008
Idade : 26
Localização : MaRgEm SuL!!

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeSeg Mar 31, 2008 7:41 am

Tão gira ^^
Omg
Continua
Kiss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ficsandcia.forumeiros.com
Nick@ <3
Admin
Nick@ <3

Mensagens : 96
Data de inscrição : 04/03/2008
Idade : 25
Localização : Algures neste mundO com o Nick

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Abr 01, 2008 2:51 pm

Ta be fixeeeeee tns de cntinuarrr ^^


P.S - "Tom - Sim! Ainda não percebeste?? A minha coisa... Está EM PÉ!" - lool esta matou.m axerio xDDD





Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven Like a Star @ heaven
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kankaru Koharamo
Amador
Amador
Kankaru Koharamo

Mensagens : 95
Data de inscrição : 05/03/2008
Idade : 26
Localização : Ei, como é que eu sei?

" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitimeTer Abr 01, 2008 3:33 pm

FIXE!!! Continua !!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




" Nunca te perdoaremos pai! " Empty
MensagemAssunto: Re: " Nunca te perdoaremos pai! "   " Nunca te perdoaremos pai! " Icon_minitime

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
" Nunca te perdoaremos pai! "
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Fanfics&Cia :: Fics :: Fics :: Idolos-
Ir para: